Dicas para manter a segurança dos seus colaboradores e motoristas contra o Covid-19

Conheça medidas de prevenção para proteger funcionários dentro da sua empresa e dentro dos veículos da sua frota

2020

Blogpost | Dicas

Sim, todo mundo sabe que o Coronavírus ainda está circulando entre a população do Brasil e de diversos países. A cada dia o Covid-19 faz mais vítimas na nossa sociedade, que infelizmente não está preparada para lidar com uma doença tão grave e que se espalha de forma tão rápida.

Mas sim, nós também sabemos que algumas empresas não puderam manter 100% de seus colaboradores trabalhando em regime de home office, como fizemos dentro da Mobi7. Afinal, como o transporte de alimentos entre a fábrica e os pontos de venda poderia ser feito, se o seu motorista não estivesse na estrada? E com alguns setores da economia voltando às atividades regulares, é bom relembrar medidas de prevenção que podem ser aplicadas na rotina da sua empresa, para manter a doença longe dos seus colaboradores.

Confira algumas dicas selecionadas pela Mobi7 para a prevenção contra o Coronavírus dentro das empresas:

O primeiro passo para voltar ao trabalho é certificar-se de que o seu funcionário está sem sintomas de Covid-19

“Além de não incentivar que um colaborador com sintomas circule pelas ruas e possa contaminar outras pessoas, precisamos garantir que aqueles funcionários estejam se sentindo seguros para voltar à rotina. Obrigar uma pessoa a trabalhar com medo, insegurança e ansiedade pode trazer sérias consequências para a sua saúde mental, e nenhuma empresa tem este direito”, comenta Tatiana Teixeira, Gerente de Gente e Gestão da Mobi7.

Depois de ter certeza de que sua operação precisa daquela equipe trabalhando no escritório ou na rua, e de que seus colaboradores estão saudáveis, física e mentalmente, é hora de preparar seu espaço para receber estas pessoas de maneira segura.

O uso da máscara de proteção durante o horário de trabalho é essencial

A empresa pode prover o material de segurança para que o colaborador tenha unidades suficientes para trocar quando chega na empresa e diversas vezes durante o dia, seguindo a orientação de tempo de uso indicada por especialistas. Lembrando que o modelo “escudo” de plástico não protege totalmente, e deve ser utilizado junto com a máscara de tecido.

No caso dos motoristas, que passam o dia dentro dos veículos realizando transportes e entregas, é necessário cuidar da limpeza dentro do automóvel.

Para estes colaboradores, o uso da máscara também deve ser obrigatório. Além disso, é possível manter um frasco de álcool gel 70 junto com os pertences do funcionário, e lembrá-lo de higienizar as mãos com o produto diversas vezes ao dia, principalmente antes e depois de sair do local para fazer uma entrega.

Já para limpar o interior do veículo – painel, volante, alavanca de câmbio, setas, faróis e toda a superfície em torno do motorista – é indicado utilizar o álcool com concentração 70%, que por ser um produto inflamável não deve ser mantido dentro do automóvel. Essa limpeza deve ser feita sempre que o motorista entrar no carro, principalmente no caso de automóveis que são compartilhados entre os colaboradores.

O álcool 70% não danifica o material plástico, borrachas e tecidos, mas não é indicado para desinfetar componentes eletrônicos, já que possui 30% de água em sua composição. Por isso, para limpeza de telas multimídia, o indicado é utilizar o álcool isopropílico. Outra dica é espalhar o produto com um pano de microfibra para evitar riscos, e não deixar o líquido acumulado em nichos e tecidos.

A lixeira portátil utilizada dentro do veículo deve ser esvaziada diariamente, e a higienização das mãos depois de esvaziá-la é imprescindível. Especialistas também recomendam realizar a limpeza periódica do ar-condicionado, pelo menos a cada seis meses. O filtro de ar sujo pode ajudar na proliferação de doenças. A oxi sanitização pode ser uma boa opção de processo para higienizar o sistema de ar-condicionado e a cabine. Neste momento, prefira manter o carro arejado, trafegando sempre de janelas abertas.

Dentro do escritório, o distanciamento entre os postos de trabalho da equipe também é indicado.

Além disso, o uso dos ambientes pode ser planejado para que não exista aglomeração, seja dentro de salas de reuniões, cozinha e banheiros. Manter os espaços arejados, evitando o uso do ar-condicionado, também é uma forma de proteção. Orientar os funcionários a limparem as solas dos sapatos em um tapete embebido de água sanitária é outra medida que evita a entrada do vírus, assim como realizar a limpeza das superfícies diversas vezes por dia. E claro, prover álcool gel de qualidade e espalhar frascos do produto em todos os ambientes faz com que o colaborador não esqueça de realizar a limpeza periódica das mãos.

Estas foram apenas algumas dicas de segurança para proteger seus colaboradores, dentro da sua empresa e dentro dos veículos da sua frota. Mas lembre-se: antes de voltar ao funcionamento normal da sua empresa e convocar toda sua equipe para sair de casa, tenha certeza de que suas atividades não podem ser realizadas em home office.

É o momento de adaptar-se às novas tecnologias e encarar novas formas de trabalho remoto. “Dentro da Mobi7, trabalhamos diariamente para encontrar maneiras de manter a equipe motivada mesmo à distância, com ferramentas que nos ajudam a controlar a rotina e até promover reuniões que servem simplesmente para a descontração da equipe, que estava tão acostumada a conviver com seus colegas e pode sentir falta do papo de corredor. Estamos vivendo um momento completamente novo e é hora de abrirmos a mente, avaliarmos novas opções, e nos adaptarmos em nome da segurança e da saúde dos nossos colaboradores”, finaliza Tatiana Teixeira. Por isso, se puder, fique em casa!

Fontes:

HyundaiUol e Quatro Rodas

Open chat
Olá, fale diretamente com a Mobi7 via WhatsApp